Assunção - Curitiba: Primeiro voo da nova linha internacional

O Aeroporto Afonso Pena recebeu nesta quarta-feira (14/12) o pouso do avião Bombardier CRJ200, pelo voo inaugural, entre Assunção e Curitiba, da companhia aérea Amaszonas Paraguay. Com capacidade para 50 passageiros, a aeronave pousou por volta das 10h30 e foi "batizada" com jatos d’água dos caminhões do Corpo de Bombeiros, rito realizado sempre que um voo inaugural acontece.



A comitiva paraguaia foi recepcionada pela presidente do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba, Tatiana Turra, que destacou a importância de Curitiba receber o segundo voo internacional. “Já temos um voo diário entre Buenos Aires e Curitiba e agora estamos conectados diretamente com outra capital de um país vizinho”, disse Tatiana. “É uma ótima oportunidade de recebermos ainda mais turistas paraguaios em Curitiba e estreitar o relacionamento comercial com o Paraguai”, completou.

O vice-presidente executivo do Grupo Amaszonas, Luís Vera, liderou a comitiva do Paraguai, que visitou a cidade e disse que a chegada a Curitiba “é parte da realização do sonho de expansão da companhia aérea por diversos países.”

Palácio de los López, em Assunção. Foto: Divulgação


A companhia oferece quatro voos semanais e em breve “voos diários, com possibilidade de conectar nossos passageiros com outros países”, conta Vera. Os passageiros que desembarcam em Assunção poderão fazer conexão com outros destinos da Amaszonas, como Buenos Aires, Salta e Corrientes (Argentina), Montevideo (Uruguai), Santa Cruz e La Paz (Bolívia), Ciudad del Este (Paraguai) e Iquique (Chile), além de destinos na Europa, América Central e América do Norte por meio de acordos com outras companhias.



Os voos saem do Afonso Pena sempre aos domingos, segundas, quartas e sextas-feiras, às 17h20, com duração de 1h30 e devem chegar em Assunção às 17h50 (horário paraguaio) e 18h50 (horário de Brasília). O retorno sai do Paraguai às 14h20. O primeiro voo aberto ao público para Assunção saindo de Curitiba será no próximo domingo (17/12), às 17h20.

Jardim Botânico em Curitiba

A Amaszonas Paraguay, companhia aérea integrante do Grupo Amaszonas, recebeu outras autoridades paranaenses e brasileiras. “A nova rota é uma grande oportunidade para estimular novos negócios e o turismo entre o Paraná e o Paraguai. Podemos aproveitar para promover e divulgar destinos paranaenses e paraguaios”, diz a governadora do Paraná em exercício, Cida Borghetti.

O presidente da Paraná Turismo, Jacó Gimennes, representou o governo estadual na recepção da companhia aérea e nas solenidades no Centro de Convenções do Aeroporto Internacional Afonso Pena. Para Gimennes, a ligação direta Curitiba-Assunção-Curitiba representa uma importante porta para o turismo e o mundo dos negócios na América do Sul. “Isso, com certeza, fortalecerá mais o nosso turismo”, disse ele.

DETALHES - O trajeto dura cerca de uma hora e meia. A aeronave é um Bombardier CRJ200, que tem capacidade para 50 pessoas. Os voos de ida acontecem aos domingos, segundas, quartas e sextas, com saídas do Afonso Pena às 17h20 e chegada em Assunção às 17h50 (horário paraguaio). O retorno sai do Paraguai às 14h20.