FIMS – A feira de negócios musicais do sul do Brasil

As feiras de música são hoje espaços estratégicos para o setor pela capacidade de dar visibilidade para uma cena e pela possibilidade de estabelecimento de vínculos comerciais entre os agentes da cadeia produtiva da música. Não é por acaso que as feiras se destacam no mundo todo como um espaço privilegiado para negócios, uma vitrine.



A FIMS tem como principal meta a geração e concretização de negócios no setor musical com foco no sul do país, mas também aberto a agentes do Brasil e da América Latina. O grande objetivo é estreitar os laços e aumentar o intercâmbio entre as produções musicais dos três estados com o resto do continente. Pretende-se oferecer um espaço onde os diversos agentes da cadeia produtiva e criativa da música se encontrem com o intuito de movimentar o mercado. A segunda edição vai acontecer em Curitiba, entre os dias 20 e 23 de junho de 2018 no Portão Cultural, um espaço multimídia e multiuso ideal para abrigar todas as atividades previstas.



Palestras, mesas, debates, rodadas de negócios e showcases estão previstos para acontecer nestes 4 dias. Os showcases irão contemplar artistas não só do sul, mas também de Brasil e América Latina, e as ações serão apreciadas pelos compradores nacionais e internacionais presentes no evento, além dos artistas.

Para participar da FIMS, é necessário fazer o credenciamento online através da plataforma Sympla. A credencial dá acesso às palestras, mesas, debates, rodadas de negócios e showcases. As inscrições para os showcases e para as rodadas de negócios deverão ser realizadas por meio da plataforma Groovelist.

Para as rodadas de negócios serão abertas inscrições específicas para que empresas e produtoras participem do evento e das rodadas, no intuito de otimizar a concretização de negócios no setor musical como shows, gravações e demais projetos.

Convidados nacionais e internacionais importantes já tem presença garantida na FIMS, entre diretores de festivais e eventos importantes no Brasil e exterior, além de representantes do poder público municipal, estadual e federal.

Mais informações: http://www.fims.com.br/